• 15
    Mar
    2017
    às 16:34
  • Postado por
    Ricardo
  • Categoria
    conheça a as4

Automação Comercial


Automação comercial é a aplicação de métodos e ferramentas para automatizar processos comerciais, isso é, mecanizar e agilizar processos manuais, alcançando total eficiência.

A integração entre o homem e a máquina somados a gestão, busca reduzir a mão-de-obra e despesas, além de gerência e controle operacional sobre um comércio. Com a automação, tarefas passíveis de erros, como: cálculo e digitação de preços, quantidades, preenchimento de um cheque, emissão de nota fiscal; ficam mais seguras e eficientes. Melhorando o trabalho dos funcionários e o atendimento aos clientes.

Evolução dos Equipamentos Fiscais

Em 1878, foi inventada a primeira Caixa Registradora, por James e John Ritty, nos Estados Unidos. Para controle dos recebimentos de vendas. Posteriormente, surgiram as Caixas Registradoras Eletrônicas (CRE) que não pararam de evoluir até o atual Ponto de Venda (PDV). A partir de 1986, surgiram os primeiros Convênios Fiscais que oficializaram a utilização de Equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF). Até o momento existem três tipos:

ECF-MR: Máquina Registradora
ECF-PDV: terminal de Ponto de Venda
ECF-IF: Impressora fiscal

  • 15
    Mar
    2017
    às 15:45
  • Postado por
    Ricardo
  • Categoria
    conheça a as4

Vamos falar de relação com o cliente?


Há algumas semanas, saiu uma matéria no portal Exame.com que me interpelou sobre a importância do atendimento ao cliente, particularmente nos momentos econômicos difíceis. De fato, se ter uma relação próxima com seus clientes é um imperativo quando o negócio vai bem, é mais ainda uma condição de sobrevivência em tempos de turbulências fortes como atualmente. E quem não leva o assunto a sério, corre o risco de ver seu resultado financeiro duramente impactado.

O cliente é a razão de existir de um negócio e o coração de sua atividade econômica. Sem ele, não existe motivos para produzir, inovar e até mesmo recrutar. O grande desafio de toda empresa é justamente a compreensão e atenção dada ao cliente para antecipar suas expectativas e construir junto com ele soluções e serviços que respondam às suas necessidades ou no caso das indústrias, às dos seus negócios.

Essa relação cliente/empresa só pode existir se são estabelecidos os modos de interação corretos e se eles são renovados com frequência para se adaptar às evoluções da sociedade e das formas de consumir. Hoje, por exemplo, não se fala mais em “ato de comprar”, mas em “experiência de compra”. Bem além do preço e dos aspetos técnicos, que na era das commodities são facilmente comparáveis, o cliente quer viver um relacionamento especial com a marca, seja no mundo físico ou digital, entender quais são os benefícios emocionais e intangíveis do produto ou serviço e saber que a empresa vai estar ao seu lado se, por acaso, surgir um problema. E, se ele não estiver satisfeito, basta acessar o “Reclame Aqui” ou publicar um comentário negativo em suas redes sociais para deteriorar a imagem da empresa. São inúmeros os casos de reclamações de clientes mal tratados que viraram crise na web.

Eu vejo este tema claramente na pauta das empresas de bens de consumo e de serviços, onde o uso do big data e de ferramenta como o Net Promoter Score (NPS) são como um ritual, e os cargos de gestor da experiência do cliente se multiplicam. Mas isso ainda falta no mundo industrial, que ainda trata o tema com certa informalidade.

Cuidar bem do cliente é uma prioridade contínua para as empresas que, cada vez mais, devem buscar melhorias para satisfazê-los. É uma missão cotidiana que vai além das áreas de marketing e comercial e requer um engajamento total de toda a organização.

FELIZ DIA DO CONSUMIDOR...

Por: Thierry Fournir: General Delegate for Brazil, Argentina and Chile at Saint-Gobain

Fonte:linkedin/pulse

  • 09
    Mar
    2017
    às 16:56
  • Postado por
    Ricardo
  • Categoria
    conheça a as4

Vantagens da Nota Fiscal Eletrônica para empresas e escritórios contábeis


Sabemos que a nota fiscal deve ser emitida em qualquer negociação de compra e venda, seja referente a produtos ou serviços. Mas, você já parou para pensar nas vantagens que a nota fiscal eletrônica traz para a sua empresa? Ela é emitida e armazenada apenas no meio eletrônico, proporcionado agilidade nos serviços prestados. Juridicamente ela é válida através da assinatura digital realizada pelo emissor, bem como pela recepção eletrônica da Fazenda, anteriores à movimentação da mercadoria.
As transformações oriundas da NF-e para emitir e gerir informações fiscais são benéficas para o seu negócio. Confira agora 10 vantagens que a nota fiscal eletrônica lhe proporciona
Benefícios da nota fiscal eletrônica
1 – Folhas e impressão

Ocorre uma diminuição brusca dos gastos destinados à aquisição de impressoras e a utilização de papel. Benefício para a sua empresa e para o meio-ambiente!
2 – Armazenamento

A nota fiscal por ser realizada pelo meio eletrônico dispensa a aquisição de arquivos, prateleiras e outros custos com os locais de armazenagem das notas fiscais. Com algumas dicas, você fica líder em organização e armazenamento!
3 – Relacionamento eletrônico

Com a padronização, ela acaba motivando os relacionamentos da empresa com os clientes de maneira eletrônica, culminando na realização de futuros negócios.
4 – Digitação

Se a sua empresa for a compradora de um produto, no momento em que a mercadoria for recebida não haverá a necessidade de digitação, uma vez que as informações geradas na NF-e pelo emissor podem ser utilizadas pelo comprador. Assim, você economiza tempo e evita erros com a digitação.
5 – Tempo

Falando em economia de tempo, quando você necessita consultar uma nota fiscal eletrônica, basta acessar o computador. Portanto, não há necessidade de você se dirigir ao arquivo-morto da empresa e perda um tempo valioso procurando a referida nota fiscal.
6 – Parada de caminhões

O tempo com a parada de caminhões em postos de fronteira é diminuído, já que a NF-e simplifica a fiscalização.
7 – Logística

O planejamento com a logística é favorecido. Com a nota fiscal eletrônica a informação é antecipada, assim, você pode preparar o local de descarga e armazenagem dos produtos no seu estabelecimento.
8 – Centralização de Processos

A NF-e permite a centralização dos processos de faturamento. Por exemplo, se a empresa possui várias filias espalhadas pelos mais diversos lugares do país é possível centralizar os processos na matriz. Reduz o número de funcionários, encargos trabalhistas e não altera a efetividade do seu negócio.
9 – Envio de documentos

A NF-e pode ser enviada por e-mail. Logo, o envio dos documentos fiscais por sedex, motoboy ou outro meio é eliminado. Mais gastos desnecessários são evitados e, utilizando uma solução especializada para documentos fiscais, você consegue compartilhá-las na nuvem sem necessidade de usar o e-mail.
10 – Cartórios

Muitas vezes os clientes alegam o desconhecimento ou o não recebimento de uma nota fiscal. Para isso, mostra-se necessário o envio de uma cópia da nota fiscal autenticada, gerando muitos custos cartorários. A nota fiscal eletrônica pode ser enviada inúmeras vezes por meio e evita esse tipo de despesa.

Pronto, agora você pode perceber que a nota fiscal eletrônica é necessária para o sucesso da sua empresa.

Fonte: arquivei.com.br


Promocional empresa de criação de site

JuceSP as4
as4 parceira Google
Desde 2011 • CNPJ 17.108.974/0001-96 - A as4 é uma marca em processo de liberação pelo INPI desde 2012.
as4 - Alpha Solutions Four Brazil LTDA EPP
+as4